Governo do Estado do Rio Grande do Sul
Início do conteúdo

Susepe realiza transferência interna de 10 presos líderes de facções

Publicação:

-
- - Foto: Sue Gotardo

Nesta sexta-feira (16), dando sequência ao enfrentamento do crime organizado no RS, a Secretaria de Justiça e Sistemas Penal e Socioeducativo, através da Superintendência dos Serviços Penitenciários, está realizando uma operação de transferência de dez líderes de facções, agora dentro do próprio Estado do Rio Grande do Sul.

Os detentos estão sendo removidos de quatro casas prisionais, em Porto Alegre e Charqueadas, e encaminhados para a Penitenciária de Alta Segurança de Charqueadas (PASC) e para a Penitenciária de Canoas (Pecan). São seis integrantes de um grupo que tem base no Vale do Sinos e quatro de outro que tem base na Vila Cruzeiro, na zona sul da Capital. 

O secretário de Justiça e Sistemas Penal e Socioeducativo, Mauro Hauschild, afirmou que “aquilo que articulamos no nível nacional também encontra o seu correspondente no nível estadual, dando continuidade à Operação Império da Lei IV, realizada ontem. Estamos promovendo, dentro do sistema gaúcho, a remoção e a transferência de pessoas de reconhecida alta periculosidade, numa atividade concluída com êxito, sem nenhum percalço, em busca do enfrentamento e da redução da criminalidade no Estado, especificamente em Porto Alegre e na Região Metropolitana”.

Segundo o superintendente da Susepe, José Giovani Rodrigues de Souza, “o conjunto de ações articuladas mostra que é possível, se não resolver plenamente, arrefecer em muito o poder dessas facções, com soluções dentro do nosso próprio sistema prisional. A Superintendência monitora cotidianamente, junto com outras forças de segurança, as movimentações dentro e fora do sistema”.

A operação teve a participação de agentes do Grupo de Ações Especiais da Susepe (GAES), do Grupo de Intervenção Rápida da 9ª Região Penitenciária (GIR-9), da Agência Regional de Inteligência Penitenciária (Aripen), além de servidores dos estabelecimentos penitenciários envolvidos, totalizando cerca de 90 policiais penais.


SJSPS - Secretaria de Justiça e Sistemas Penal e Socioeducativo